Primeira Igreja Batista do Rocha 60 Anos Andando no Temor do Senhor

E

xatamente no dia 11/10/1952 verificou-se a organização da nossa igreja com 73 membros, sendo 71 procedentes da IB em São Gonçalo e 2 da IB Betel em Niterói. A primeira crente a dar a sua profissão de fé foi a Irma Dulcinéa Barros no dia 31/12/1952 na IB São Gonçalo pelo fato de ainda não haver batistério em nossa Igreja (Fonte: Livro: Primeira Igreja Batista do Rocha – Sua Vida, Sua Historia – Joel Pereira – pag. 163). Assim começou a história da nossa Igreja.

Quando uma Igreja histórica como a Primeira Igreja Batista do Rocha completa 60 anos em uma comunidade, é por que sem sombra de dúvida anda no temor do Senhor. Andar no temor do Senhor é viver 60 anos sob égide do Espírito Santo de Deus como andavam e viviam as Igrejas do Novo Testamento.

Assim meus amados, nós membros da Primeira Igreja Batista do Rocha devemos CONTINUAR a viver e andar no temor do Senhor, como o nosso tema nos ensina e não darmos brecha para o diabo colher a sua sementeira, da mesma forma como andavam as Igrejas primitivas, por isso cresceram e o evangelho chegou até nós.

Ao completarmos uma data tão significativa fico a pensar lá trás naqueles que começaram esta tão grandiosa obra. Imaginemos o local onde se reuniam, os bancos onde sentavam, os meios de locomoção, quantas dificuldades eles enfrentaram em sua época.

O lugar onde os irmãos se reuniam era a residência do irmão Manoel Duarte, na Rua Joaquim Guedes e que “nenhum atrativo oferecia, a não ser os seus lindos pomares de laranja entrecortados por alguns riachos”. E que ainda “não havia estradas, nem luz elétrica e nem água encanada” (pag. 68). Fonte: Primeira Igreja Batista do Rocha – Sua Vida, Sua Historia, Joel Pereira – pagina 67. Mas nada disso impediu aqueles irmãos de seus objetivos, que era dar continuidade à obra do Senhor.

Vamos dar continuidade a essa obra tão bela vivendo em harmonia, em unidade e amor, pois só assim conseguiremos chegar aos próximos 60 anos (sendo da vontade de Deus), onde nossos filhos e netos estarão contando a nossa historia e se espelhando em tudo quanto eles estão vendo hoje através das nossas vidas. Fica para nós, Igreja, esse desafio. Olhemos para o passado, vamos viver o tempo presente e não nos esqueçamos do futuro. Pensemos em todos os esforços daqueles amados irmãos que deram suas vidas em prol do evangelho a fim de que pudéssemos chegar onde estamos hoje.

 Vivamos sempre no temor do Senhor. Parabéns amados pelos 60 anos. Deus abençoe a todos.

Do Seu Pastor e Amigo
Lusitano Couto

Author: adm0152

Compartilhe!