O Andar do Cristão

“Falou Nabucodonosor, dizendo: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus.” (Daniel 3:12-30)

Estamos vivendo dias terríveis e nebulosos, onde somos confrontados para testemunhar a nossa fé em Cristo, em um mundo que jaz no maligno e não tem preocupação com as coisas de Deus.

Estamos inseridos em uma atmosfera, onde o próprio Senhor Jesus pediu ao Pai “Não peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal”, dando a entender que aqui passaríamos por duras provas a fim de mostrar quem realmente somos, lembrando que o ouro só é provado de verdade quando derretido em fogo.

O texto citado acima mostra a fé e a perseverança de três jovens que preferiram não abrir mão das coisas do Senhor, escolhendo pagar com suas próprias vidas o preço de uma vida cristã autêntica e fiel Àquele que tudo pode. Resultado: foram lançados dentro de uma fornalha ardente, que foi aquecida sete vezes mais, tamanha estava a raiva do rei por causa do testemunho deles. Eu penso que hoje essa mesma fornalha tem sido aquecida contra aqueles que querem seguir a Jesus de verdade, e é justamente aí que muitos caem e desanimam da vida cristã, afastando-se dos caminhos de Deus.

Diante de tantas pressões que a vida coloca contra aqueles que querem andar corretamente, sempre vêm algumas perguntas que me inquietam, das quais quero destacar aqui: “A quem você serve? A qualquer deus ou ao Deus vivo e verdadeiro? Você tem dado testemunho para as pessoas que estão ao seu redor? Quando as pessoas olham para você, elas podem afirmar que você é um verdadeiro cristão?”

As pessoas não estão muito preocupadas com as coisas que falamos, mas elas se preocupam com aquilo que vivemos. Nosso andar pesa mais do que qualquer tipo de pregação, daí a importância de um viver digno e um bom testemunho da nossa parte.

As palavras escritas pelo médico Lucas, em Atos 1:8, reforçam nosso pensamento sobre uma vida de testemunho, onde quer que estejamos: “Mas recebereis o poder ao descer sobre vós o Espírito Santo e serme-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda Judéia e Samaria e até aos confins da terra”. Eis aí o nosso grande chamado – testemunhar!

Para Servir a Deus é necessário subjugar o corpo: I Coríntios 9:24-27: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado”. Pense nisso!

Em Cristo que nos une,
Pr. Lusitano Couto

Author: adm0152

Compartilhe!