Chegamos ao Encerramento do Mês da Família

“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha” (Mateus 7:24-25)

Graça e paz, queridos e amados irmãos! Com muita alegria em nosso coração estamos chegando ao final das comemorações do Mês da Família. Esse mês foi muito marcante e edificante para todos nós, pois além das mensagens dominicais que foram determinantes para esse fim, tivemos algumas atividades que também abençoaram muito nossa igreja, como o Passeio da Família, que contou com mais de 300 pessoas e o I Congresso de Casais, que aconteceu em nossa Igreja, no sábado retrasado, onde contamos com quase 50 casais participantes durante todo dia.

Nesses dias tão atribulados que vivemos, não podemos deixar de colocar nossa família diante do altar de Deus diariamente. Não é porque estamos chegando ao final do Mês da Família que vamos deixar de falar sobre ela, pelo contrário, estaremos ainda abordando muito sobre esse tema, pois a família é a célula mater da sociedade e se a família falhar, todos os outros recursos também falharão.

O texto bíblico que citei acima, nos fala do desafio de mantermos nossa casa firmada sobre a rocha e essa Rocha é Cristo. Precisamos nos firmar nessa verdade, pois se Cristo não for nosso alicerce corremos sério risco de desmoronarmos, e, assim, fracassarmos em nossos ideais como família.

Quero desafiar cada membro da família a buscar no Senhor toda força nesses dias de crises onde temos assistido diariamente famílias se esfacelando. É necessário que estejamos atentos e vigiando cada dia mais a fim de não sermos pegos de surpresa pelas tempestades da vida que tentam nos ludibriar e engodar com coisas que não são de Deus. Estejam atentos para que vocês não sejam o alvo da vez.

Precisamos entender que não existe família perfeita em lugar algum e que este tempo presente tem exigido a perfeição da família, e, quando isso não acontece, vem a frustração e o desânimo, e muitos acabam desistindo da sua família. Peço a você que viva intensamente com sua família: ore por ela, dialogue, passeie, participe dos cultos da Igreja, desfrute dos momentos bons que a vida nos oferece, pois isso ajuda no fortalecimento da família de modo geral.

Encerro esse momento convidando você a se juntar a nós. Não viva isolado, escondido, pensando que não precisa de ajuda e nem das pessoas. Precisamos viver em unidade, em comunhão e amor, ajudando uns aos outros. Traga sua família à Igreja, ensine aos seus filhos os valores cristãos, sejam exemplos para todos e Cristo vos honrará.

Lembremos que a família é um plano divino e isso significa que ela tem muito valor. Deus tem cuidado da família e preservado a mesma, creio que assim será até a Sua vinda. Portanto, amados irmãos, zelemos por este grande presente que Ele nos deu e vamos firmar cada dia mais nossa família na Rocha que é Cristo. Que Ele mesmo continue abençoando você e sua família.

Do Seu Pastor e Amigo
Lusitano Couto

Author: adm0152

Compartilhe!